É redundante dizer que o Concurso de Marchinhas Mestre Jonas é uma ferramenta política. No mínimo, ele é aglutinador de um debate crítico — sem perder o bom humor, é claro! Desde 2012, quando Belo Horizonte assistiu de pista mesmo a primeira edição, a competição  reconhece em primeiro lugar as canções que colocam o dedo na ferida. Neste ano, foi a vez do Cidadão de Bem — aquele que bateu panela para Dilma sair do poder, mas se calou diante das citações do nome de Temer em casos de corrupção — levar a melhor. Um brinde de catuaba!

De autoria da dupla Helbeth Trotta e Jhê Delacroi, “O Baile do Cidadão de Bem” ficou com o primeiro lugar da competição, cravando sua crítica na história do Concurso Mestre Jonas. As marchinhas vencedoras nas edições passadas foram “A Coxinha da Madrasta” (2012), “Imagina na Copa” (2013), “Baile do Pó Royal” (2014), “Rejeitados de Guarapari” (2015) e “Não Enche o Saco do Chico” (2016).

Neste ano, a etapa final do Concurso de Marcinhas Mestre Jonas, que homenageia o compositor e carnavalesco falecido em dezembro de 2011, foi realizada no sábado, dia 11, no Music Hall, no bairro Santa Efigênia, em Belo Horizonte. O evento reuniu, além dos intérpretes das músicas, militantes do Carnaval belo-horizontino e foliões.

A segunda colocada no concurso foi “Solta o Cano”, de Marcos Frederico e Vitor Velloso, e a terceira “Pinto Por Cima”, do mesmo Vitor Velloso, que escreveu a faixa na companhia de Gustavo Maguá e Marcelo Guerra. A grande vencedora, “O Baile do Cidadão de Bem”, pode ser ouvida AQUI.

Foto Rafael Ram/Divulgação
mestrejonas.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s