A indústria do entretenimento nem sempre está preocupada com o meio ambiente. O festival Na Praia, realizado no Alphaville, em Nova Lima, fez o caminho inverso. Além de catracas digitais, que dispensavam a utilização de ingressos impressos, e de copos retornáveis, o evento teve um processo de coleta seletiva que gerou cerca de 12 toneladas de material reciclável. Esse montante foi comercializado e, segundo a assessoria do evento, gerou R$ 1.703,34 para a Associação dos Catadores de Papéis e Material Reciclável de Nova Lima. É claro que muito ainda deve ser feito, principalmente em grandes festivais, mas, no entanto, o caminho escolhido pelo Na Praia já é digno de palmas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s