Atualmente, os nerds dominam o mundo! Graças a popularidade de Steve Jobs, Bill Gates e Mark Zuckerberg, jogos eletrônicos, filmes, séries, quadrinhos e a cultura pop em geral estão ainda mais em evidência. Porém, para quem tem mais de 35 anos, dois nomes são inigualáveis: George Lucas e Steven Spielberg. Eles, os maiores geeks da história, colocaram no imaginário dos jovens dos anos 70 e 80 lendas culturais, como Indiana Jones, Darth Vader e Martin McFly. E, em uma jogada de mestre, Spielberg conseguiu mesclar passado e presente, quase 40 anos de cultura pop, em seu mais novo filme: “Ready Player One”, que chega às salas de cinema nesta quinta-feira (29).

FILME “A FORMA DA ÁGUA” MERECIA O OSCAR?

“Ready Player One” se passa em 2044, quando a sociedade está entregue à realidade virtual. Em especial, ao universo online denominado Oasis. Nesse ambiente, você pode ser ou criar o que quiser, desde que tenha créditos! Quando o criador do Oasis, James Halliday (Mark Rylance), morre, fica o desafio: decifrar enigmas e encontrar as chaves que dão o controle absoluto do ambiente virtual. O desafio, então, torna-se mais do que uma disputa por reconhecimento, mas uma luta pelo controle econômico-social.

Para compor esse ambiente futurista, o diretor atualizou-se. Logo de cara, ao sermos apresentados à região na qual o protagonista Wade Watts (Tye Sheridan) vive, ficamos frente-a-frente a uma clara representação da cidade de Megaton, do jogo “Fallout 3”. Uma favela verticalizada! As referências contemporâneas não param por aí! O formato das disputas, ou quests, a identificação dentro do universo virtual com gametags, deixando de lado os nomes reais, assim como a necessidade de créditos para conseguir melhoramentos no jogo, são características conhecidas de quem está acostumado ao mundo incrível do Play Station ou do Xbox. No entanto, a sacada de mestre de Spielberg foi mesclar a dinâmica dos jogos eletrônicos com os elementos do passado. Agraciando, dessa forma, os velhos e novos nerds!

VEJA O TRAILER DO FILME “READY PLAYER ONE”


Em “Ready Player One”, um dos principais lançamentos desta semana, o relacionamento entre os personagens, por exemplo, é digno do “Second Life”, primeira plataforma de interação virtual tridimensional criada em 1999. Nas cenas do longa, também é possível identificar nos avatares do Oasis personagens aclamados, como Jim Raynor, de “Starcraft”, Masterchief, de “Halo”, e ainda os sapos guerreiros de “Battletoads”. Por ali, há ainda referência ao vídeo-game Atari, ao DeLoren, do filme “De Volta Para o Futuro” e ao diretor de cinema John Hughes. Uma das cenas mais engraçadas é a citação ao Hotel Overlook, do clássico “O Iluminado”, e um dos detalhes, quase invisível aos olhos, é o símbolo dos Thundercats, presente no cinto do protagonista. Preste atenção!

Fotos Warner Bros/Divulgação
rpo-ready-player-one.jpg

OSCAR 2019

Já pensando lá na frente, principalmente por “Ready Player One” ser visualmente impressionante, é possível esperar alguns oscars para Spielberg, em 2019. Nesse longa, o espectador tem um impacto semelhante ao provocado por “Avatar” (2009). E, assim como a obra de James Cameron foi premiada pela academia, “RPO” merece as estatuetas de Efeitos Visuais e Direção de Arte.

No quesito atuação, Tye Sheridan (“X-Men: Apocalipse”) e Olivia Cooke (“Bates Motel”) vão bem como protagonistas, mas é Ben Mendelsohn (“Rogue One”) o destaque da vez. Ele mostra que manda superbem como vilão. Já Mark Rylance (“Ponte dos Espiões”) e Simon Pegg (“Star Trek”) fecham a lista dos atores principais com méritos. No mais, os intérpretes dos papéis secundários não conseguiram manter o nível!

CANSEIRA

Além do deficitário elenco de apoio, “Ready Player One” peca por ter exageradas duas horas e vinte minutos. O terceiro ato é cansativo, com situações e reviravoltas que não acrescentam quase nada à obra. E, nesse caso, nem mesmo a ótima trilha-sonora de John Williams, velho parceiro de Spielberg, consegue eliminar o desconforto. No mais, pelo menos até agora, “RPO” é um dos melhores lançamentos de 2018.

rpo-ready-player-one b

Dê sua opinião e mande suas sugestões para o blog Trem Para Fazer

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s